JOÃO BATISTA DE SOUZA é funcionário de carreira de fiscalização sanitária da Prefeitura de Belo Horizonte – PBH há 27 anos, sendo que dezenove desses anos foram dedicados à Vigilância Sanitária, onde exerceu vários cargos de gerenciamento, em níveis central e regional.

Presidiu a Associação dos Fiscais Sanitários Municipais – AFISA, por 3 mandatos consecutivos, em eleições unânimes da categoria, entre 1991 e 1996, ocasião em que coordenou na Câmara Municipal uma comissão responsável pela elaboração de ante-projeto de lei que, sancionado sem vetos pelo Prefeito Patrus Ananias de Sousa, transformou-se na Lei Municipal nº 7.031, de 13 janeiro de 1996, primeiro Código Sanitário Municipal do Brasil. Deixou a entidade em 1997, durante a primeira administração do prefeito Célio de Castro, quando a convite do secretário Antônio de Faria Lopes, assumiu a chefia do Gabinete da Secretaria Municipal de Governo.

Entre 1998 e 2002 foi chefe geral da Vigilância Sanitária Municipal, retornando à Secretaria Municipal de Governo no final de 2002, quando prestou assessoramento àquela secretaria.

No período em que gerenciou a Vigilância Sanitária Municipal, foi responsável pela implantação/implementação da MUNICIPALIZAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM BELO HORIZONTE, com os fiscais sanitários ampliando seu leque de ação, vistoriando hospistais, clínicas, consultórios, etc. Antes, o município somente fiscalizava a área de alimentos, com um quadro mínimo de fiscais, que em sua gestão foi expandido, inclusive com a criação do cargo de Fiscal Sanitário Municipal de Nível Superior, e a realização de concurso público para esta área em 2000.

Entre 2003 e 2004 assumiu conjuntamente a Assessoria de Comunicação Social e a Gerência de Informações Técnicas da Administração Regional Oeste, tendo lançado neste período o documento Perfil Histórico, Econômico e Estatístico da Regional Oeste, disponível no site da PBH.

Atualmente é o Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais do Gabinete do Prefeito, da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e é diretor executivo da AFISA.

É graduado em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais e pós-graduado em Epidemiologia e Vigilância Sanitária pela Universidade de Ribeirão Preto.